Evangelista é preso por pregar para gay

Um evangelista escocês chamado Gordon Larmour de 42 anos, foi preso em flagrante depois de pregar para um jovem gay.

Tudo começou quando ele entregava panfletos nas ruas e quando passavam alguns jovens ele disse:

"Não se esqueçam de que Jesus vos ama e Ele morreu pelos vossos pecados". Um deles perguntou a Larmour: "O que seu Deus diz sobre os homossexuais?"



Evangelista é preso por pregar para gay


Nesse momento o evangelista citou o livro de Gênesis, dizendo que Adão e Eva foram criados para se reproduzirem.

Depois do discurso o jovem se alterou e passou a perseguir o evangelista quando a polícia chegou e sem ouvir a versão de Larmour, acabaram prendendo-o acusado de comportamento ameaçador ou abusivo agravado de preconceito relacionado à orientação sexual.

"Eu sinto que eles se esforçam tanto para aparecer como se estivessem protegendo as minorias, eles vão muito longe do outro lado. Quero ser capaz de dizer às pessoas a boa palavra do Evangelho e pensar que eu deveria ser livre para fazê-lo. Eu não estava falando minhas opiniões - eu estava citando da Bíblia. "

"No tribunal, o amigo do rapaz contou a verdade - que eu não o tinha agredido ou o tinha chamado homofóbico. Eu tinha simplesmente respondido a sua pergunta e lhe disse sobre Adão e Eva e Céu e Inferno. Pregar a Bíblia não é um crime. "

O juiz responsável pelo caso inocentou o evangelista de todas as acusações.

Informações de Telegraph

Deixe seu comentário!: