Católicos não serão mais maioria no Brasil em 2030

Católicos não serão mais maioria no Brasil em 2030

A religião católica sempre foi predominante no Brasil e na América Latina, principalmente no século 20 quando 90% da população dos latino-americanos se declaravam católicos.

Mas nos dias de hoje, a população dos que se declaram católicos está em 69%, e com tendência de diminuir cada vez mais.

Enquanto isso, o número de adeptos do movimento pentecostal dos cristãos protestantes, dos ateus e agnósticos cresce cada vez mais. 

O especialista em religião da Universidade da Virgínia, Andrew Chesnut afirma:

"A Igreja Católica perdeu milhões de fiéis na América Latina, principalmente para a Igreja Pentecostal. Essa foi a razão principal da escolha do primeiro papa latino-americano". "A Igreja vai continuar a perder fiéis e influência política".

No caso do Brasil, desde 2014, um ano após o pontificado do Papa francisco, cerca de 9 milhões de pessoas abandonaram o catolicismo, enquanto que o número de evangélicos aumentou em 29%.

A previsão do especialista é que os católicos não serão mais maioria no Brasil em 2030.

Mas por enquanto, segundo dados da Igreja Católica, o número de batizados brasileiros está em 172,2 milhões, um recorde mundial, seguido pelo México com 110,9 milhões (85% da população).

O país da América Latina menos católico é o Uruguai, com 38% de ateus e agnósticos.   

Deixe seu comentário!: