Notícia Falsa de mulher tomada pelo Espírito, viraliza nas redes sociais

Notícia Falsa de mulher tomada pelo Espírito, viraliza nas redes sociais

Um vídeo de uma mulher tomada pelo “Espírito” que teria livrado os passageiros da queda de um avião viralizou nas redes sociais, alcançando milhões de visualizações.

O fato ocorreu momentos antes da partida do voo KX-620 da Cayman Airways no aeroporto Owen Roberts nas Ilhas Cayman, destinado à Jamaica no dia 23 de outubro.

O vídeo foi compartilhado no Facebook por uma pastora que também se identifica como profetiza chamada Ann Marie Alman. 

Na publicação da pastora no dia 25 de novembro, ela disse que nesse mesmo dia, precisamente de manhã,  uma mulher entrou no Espírito Santo, fazendo com que o voo atrasasse 2 horas.

E quando perceberam que tinha um problema sério no motor do avião, e que se não tivesse ocorrido atraso, o avião teria definitivamente caído.

A profetiza ainda afirmou: Deus salvou todos os passageiros e tripulação, por causa da obediência de uma mulher!
Aleluia! O nosso Deus é verdadeiramente o piloto principal das nossas vidas!

A Verdade

A declaração oficial da Cayman Airways, não há nenhuma menção de mau funcionamento grave no avião e nem teria como resolver algo tão fatal em apenas 2 horas: 

“A aeronave estava no portão com os passageiros embarcados, mas com a porta da cabine principal ainda aberta enquanto uma questão de manutenção menor estava sendo resolvida antes da partida. Pouco depois, o capitão anunciou que o trabalho de manutenção estava concluído e que a aeronave em breve iria a caminho, uma passageira passava o assento e começou a gritar e saltar como se vê no vídeo. Houve apenas um atraso de uma hora e 13 minutos quando a mulher foi removida do avião e sua bagagem recuperada.”

Portanto, há apenas três declarações básicas da postagem de 25 de novembro que são precisas: 

1) foi um voo da manhã para a Jamaica 
2) a mulher foi removida do avião 
3) a mulher “entrou no espírito” 

Não é verdade que: 

1) as ações da mulher fizeram com que eles descobrissem um problema com o avião 
2) houve um atraso de duas horas 
2) havia algo gravemente errado com o motor 
3) o avião teria travado 
4) as ações da mulher salvou a vida das pessoas a bordo

Na página do Facebook, eles relataram em 25 de outubro que esta mulher havia sido hospitalizada na sala de saúde mental depois de ter sido removida do voo. Outra pessoa compartilhou que a mulher ” estava na rua onde ficava fazendo o mesmo dois dias antes de embarcar no avião. 

Ainda outro comentou: “Infelizmente, havia haitianos nesse voo que estão indo para casa via Jamaica depois de estarem aqui há quase 3 meses. Recuperando pacientes de cirurgia de coração aberto que ficaram muito assustados.” 

O seu tradutor que também é um cristão nascido de novo disse que nunca tinha visto nada assim antes e todos ficaram aliviados porque a senhora foi removida do voo. Em uma discussão separada do Facebook, uma mulher alegando ter estado no voo compartilhou pensamentos semelhantes: “eu estava no voo sentado em frente a ela, também era assustador para meus filhos.

No dia 29 de novembro, enterrado em meio a centenas de comentários em outra publicação no Facebook que estava espalhando esse relatório falso, uma mulher chamada Lori fez o seguinte comentário que foi ignorado por outros que louvavam a história:

“Eu era o comissário de bordo nesse voo e sua informação é errado. Nós descobrimos um problema mecânico menor antes disso acontecer e voltou para o portão para corrigi-lo. Estávamos prestes a fechar a porta quando isso ocorreu. Ela foi removida e partimos com segurança para Kingston. Repito que isso aconteceu depois que o problema foi corrigido.”

COMPARTILHAR

Deixe Seu Comentário

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui